19/09/2012 - Os pronomes pessoais – sua evolução para o português

Também os pronomes pessoais se declinam em latim nos diversos casos. Em português, eles guardam vestígios da declinação latina (daí o termo pronomes de caso reto e pronomes de caso oblíquo). Os de 1ª e 2ª pess. originam-se dos de idênticas pessoas no latim. Os de 3ª pess. são provenientes do demonstrativo ille.

1ª pess. sg.: ego (nom.) > eo> eu; me (ac.)> me; mecum (abl.) > mego/migo; mi (dat.) > me, mim.

1ª pess.pl.: nos (nom.) >nós; nos (ac.) > nos; nobiscum (abl. lat.clássico) noscum (lat.vulgar) > nosco

2ª pess.sg.: tu (nom.) > tu; te (ac.) > te; tecum (abl.) > tego/tigo

2ª pess.pl.: uos (nom.) > vós; uos (ac.) > vos; uobiscum (abl.latim clássico) uoscum (lat.vulgar) > vosco

O pronome de 2ª pess. você era antigamente o tratamento de respeito vossa mercê; sua evolução: vossa

mercê > vosse mecê > vosmecê > você

3ª pessoa sg.: ille (nom.masc.) > ele; illa (nom.fem.)> ela; illum (ac.masc.) > elo> lo > o; illam (ac.fem.)>

ela> la > a; illi (dat.) >*eli > li (arc.) > lhi, lhe

3ª pess.pl.: illos (ac.pl.masc.) > elos > los >os; illas (ac.pl.fem.)

elas > las > as

Reflexivo:

se (ac.) > se; secum (abl.) > sego/sigo; sibi (dat.) > si

Observações:

a) Pode-se notar, por sua evolução, que as formas atuais comigo, contigo, consigo, conosco, convosco, carregam em si, em termos históricos, duas preposições.

b) Os pronomes –lo, -la, -los, -las se mantêm nas formas verbais terminadas em –r, -s, -z: amarlo> amallo > amá-lo; dizerlo > dizello > dizê-lo; fezlo > fello > fê-lo

Voltar